Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Devaneios de uma morena

Um blog sobre tudo e mais alguma coisa. Um companheiro para todos os dias, a qualquer hora que seja.

O fato de banho

Tempos houve – e não muito longínquos – em que era quase impossível olhar para o fato de banho (strictu sensu ) e ver algo mais para além de um trapinho pouco ou nada sexy, sem graça, um «tapa tudo» para quem não podia mostrar o que fosse…

 

No entanto (e ainda bem!) já não é assim. Esta ideia de que o fato de banho é para velhas (desculpem-me a crueldade da frase, mas as ideias pré-concebidas são assim…mázinhas) já não dá com nada, não faz sentido.

 

É óbvio que o bikini é uma peça fantástica e que há uma infinidade de modelos, cores, padrões, todos giríssimos. Mas não dá para toda a gente. Ou melhor, na teoria dá, mas na prática não é bem assim. 

 

Ou se tem tudo no sítio e se fica deslumbrante no modelito ou vai parecer sempre que falta qualquer coisa.

 

E com o fato de banho – aos meus olhos – é diferente. Não venho aqui dizer que qualquer pessoa fica deslumbrante, tipo Gisele Bündchen, com um fato de banho enfiado, seja magra, gorda ou assim assim. Não… Mas o fato de banho tem qualquer coisa.

 

Uma pessoa anda mais tapadinha, é certo, mas com a quantidade de modelos giríssimos e super criativos de fatos de banho que andam por aí, apesar do acréscimo de tecido, dá para conseguir ficar tão sexy como se enfiadas na porra de um bikini minúsculo.

 

Eu adorava ser capaz de explicar esta coisa toda do fato de banho, do que eu acho que realmente significa, do ar que dá a uma pessoa, do poder de por uma miúda gira ainda mais gira. Mas não sou capaz.

 

E para terminar, após umas quantas palavras algo inconclusivas, aproveito para me dirigir a dois grupos distintos:

 

1) Às gordinhas: tudo bem que são mais do que livres de usar o bikini que quiserem, maior ou mais pequeno, a ver-se tudo e mais alguma coisa… mas se não o fizerem, e optarem pelo Sr. Fato de Banho, não se sintam ofendidas com possíveis comentários do género «Ah e tal, não usa bikini porque se quer esconder…». Chama-se inteligência, minhas amigas. Joga-se com o que se tem. E só tendem a ficar ainda mais giras, aposto!

 

 2)  Às magrinhas que podem usar todo e qualquer modelo de fato de banho, sobretudo aqueles mega cavadinhos, sob pena de ficarem  maravilhosas. Aproveitem! Não é para todas. O que é bom é para se mostrar, é verdade. Mas essa coisa de esconder o que já é bom tem imensa graça.

 

Sim, talvez me tenha esquecido de criar um grupo de «normais». Pois bem, se acham que não se enquadram no 1) ou no 2), usem fato de banho porque sim, porque gostam, porque se sentem bem, ou então não usem e não dêem explicações a ninguém.

Hoje já não há comentários foleiros, creio eu, nesta matéria. E com tantas marcas e modelos tão giros que uma pessoa não consegue deixar de morrer de amores por eles…Só «dói» o preço, eu sei. Mas isso é assunto para outras núpcias, a combater em futuras guerras. 

img_806x579$2015_03_25_17_44_14_101294.jpg

Fotografia: Cantê

 

 

 

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D